Lavras do Sul

Destacado como um dos melhores carnavais do interior pela sua movimentação de público em cortejo e pelo número de habitantes, o carnaval de Lavras é realmente a maior festa popular da fronteira.
O carnaval de Lavras era chamado "o grande carnaval de uma cidade pequena" e, inicialmente, vivenciado nos bailes à fantasia do Club Memeluco, que nasceu carnavalesco, despertando em nossa comuna o apreço pelas imortais marchinhas do início do século.
Mais tarde, tornou-se popular com o advento dos esdrúxulos "banhos dágua" ao longo de nossas ruas, importunando os incautos e descuidados pedestres. Era o "entrudo", uma brincadeira de rua, instigando os passantes a diversão, para deixar as mágoas e cair no carnaval. Alguns rebelavam-se contra o inesperado banho, ameaçando banhistas de revólver em punho, caso fossem atingidos pelos baldes dágua que eram, rua afora, jogados da carroceria de um caminhão.
O citado entrudo e, mais tarde, o "assalto" dos blocos carnavalescos à casa de seus componentes e as românticas serenatas eram artifícios para acordar o carnaval, dando início, muitos dias antes, ao "tr�uo momesco".
O sigilo das fantasias, os ensaios e a expectativa das críticas programadas para as rádios Galocha e Mugando também muito contribuiram para seu brilhantismo.
A partir de 1930, efetivamente, o carnaval de Lavras tomou grande entusiasmo e lances de competição, provocados pelo surgimento dos "Blocos Carnavalescos".


Texto extraído do livro "Lavras do Sul - Na Bateia do Tempo" de Edilberto Teixeira




Foto de Lavras do Sul tirada da Gruta mostrando a Igreja Matriz Santo Antônio


Home | Fotos | Historia | Hinos | Lavras do Sul | Outros Blocos

Copyright © 2009 Vai de Qualquer Geito. Todos os direitos reservados
Lavras do Sul/RS